quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

De volta pra estante #41: A jornada.

Papai disse que está rezando por um milagre. (...) Tenho certeza de que se alguém pode fazer milagres, esse alguém é a Mulher Sábia das Montanhas. Agora só falta descobrir onde ela se encontra e como chegar até ela.

Começar a ler o livro foi uma experiência diferente das demais; havia um clima criado para dar um sentido de travessia, a partir da capa, com a borboleta monarca prestes a voar – ainda que a da imagem esteja com um alfinete enfiado, ou seja, é uma borboleta morta. As cores da capa ficaram lindas e conversaram entre si,... ah, é uma capa de livro que agora está entre uma das minhas preferidas!



Nome: A jornada - A história de quatro irmãs e uma viagem inacreditável
Autora: Erin E. Moulton
Sinopse: Assim que a mãe dá a luz a sua quarta menina, as irmãs Rittle enfrentam uma aventura cheia de mistérios, incertezas e riscos - uma Senhora misteriosa,uma floresta cheia de segredos, bandidos e um rio pronto a levá-las ao desconhecido. Mas o amor entre as meninas é mais forte do que qualquer susto e, juntas, elas descobrem o valor da esperança, da amizade e que milagres existem, sim, e estão mais perto do que imaginamos.
Editora: Novo Conceito.

O cenário da história é os Estados Unidos, um uma cidade montanhosa e tradicional, onde se esculpem caretas em abóboras na época do Halloween. Maple, a personagem que narra a história, é a segunda filha de quatro, sendo que a caçula ainda está na barriga da mãe. As meninas Dawn e Beetle, agem como irmãos costumam fazer: brigam, mas no fundo – bem no fundo – se amam. Entre Dawn e Maple há um leve atrito, talvez pela proximidade de idade: Maple tem por volta dos 9 anos, e Dawn, 11. Uma quer subordinar a outra, que não aceita.

Em uma ocasião próxima ao Halloween, em uma noite em que as meninas se ocupam em acender abóboras e fazer bolos, a mãe entra em trabalho de parto, e a bebê Lily Anne nasce prematuramente. As mais velhas escutam uma conversa de que o mais novo membro da família corre sério risco de vida, e entram em pânico – também, né, a avó delas, ao invés de esclarecer melhor a situação, prefere dizer que “tudo vai ficar bem”...

Maple não agüenta a idéia de que sua irmã pode não sentir o fresco ar da montanha, e não ter sua abóbora exposta junto com as outras, como ocorre todo ano. Nisto, ela se lembra de uma canção que sua mãe vinha lhe ensinando, verso por verso. A letra é sobre uma antiga lenda local, na qual uma entidade desce à Terra para conceder milagres aos homens. Em busca disto, Marple parte, tendo em vista a cura de sua irmã caçula. Sua idéia era ir sozinha, mas acaba indo com Dawn, que descobre os seus planos e não a abandona – ainda que relutante.

No próprio título é possível descobrir que o que importa não é o destino, e sim a trajetória (a jornada!). Quando se tem um objetivo difícil de se alcançar, a caminhada até ele costuma trazer muito mais aprendizado, e se torna mais importante e , como li nesta semana: o que é difícil de se conquistar, também é mais difícil de se perder.

Li o livro em uma manhã – isto porque tive aula! Assim como comentei no começo, a experiência de lê-lo foi única. Este ar da montanha, onde as pessoas precisam recolher lenha e se aquecem juntas, sem a presença de uma televisão, e cozinham em família... Isto, logo de cara, trouxe uma atmosfera muito agradável à leitura, além de ser muito envolvente. As caracterizações são leves e suficientes para nos situarmos na história, sem ficar chato ou descritivo.

Tenho um fraco por borboletas: simplesmente AMO; o tempo todo elas estavam presentes, seja nas capas de capítulo, seja na própria história.

Leia! Leia! Leia! 


3 comentários:

  1. Eu estou com este livro aqui em casa para ler e não consegui ainda inspiração para tal..

    Já iniciei duas vezes e nada :(, mas pelo que você colocou ele é ótimo, assim que eu tiver uma nova oportunidade quero ver se me animo a ler ele *-*
    Sentir o ar da montanha também \o\

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida! Passando p conhecer seu cantinho, achei super legal, ja to seguindo!
    Aproveito p te convidar a conhecer o meu blog de variedades e informo q o espaço p parcerias está aberto.
    Bjinhos.

    www.voudeblog.com

    ResponderExcluir
  3. Bom dia!
    Vim hoje te convidar para fazer parte de um blog de resenhas literárias bem diferente, e com várias parcerias.
    Te espero lá.

    Beijos, Pamela.

    ResponderExcluir

Agradeço o comentário!
Volte sempre! (:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Booker Queen! © 2012 | Layout por Chica Blogger| Modificado e hospedado por Miriam Pires| Ícones de redes sociais por Mariana Frioli.