terça-feira, 5 de julho de 2011

Entrevista: Fernanda Saads!


   Bem vindos à primeira entrevista do blog! Hoje nossa convidada é Fernanda Saads, autora do livro As Confissões de Laura Lucy, que já foi resenhado no blog. Este é seu primeiro livro, publicado pela Editora Novo Século - sob o selo Novos Talentos da Literatura Brasileira.
   Ela é formada em Administração de Empresas, e atualmente mora em João Pessoa com o marido e a filha.
   Acompanhem a entrevista e conheçam mais sobre a autora e sua obra:



O que te levou a escrever sobre mulheres, quem nem Freud explica? Quais foram suas referências?
Acho que o que me levou a escrever sobre mulheres foi o fato de ser uma. Rsrs... Minhas referências na literatura são Sophie Kinsella, Johanna Edwards, Gemma Townley, dentre outras.

Você acaba de completar 30 anos, e Laura Lucy está bem próxima de fazê-lo. Que outras semelhanças vemos entre as duas? Você seria mais como ela ou sua amiga íntima? É capaz de as pessoas confundirem Fernanda Saads e Laura Lucy?
Não dá para confundir as duas. Laura Lucy é só uma personagem com um perfil ansioso, sonhador
ao extremo e, por diversas vezes, precipitado. Acho que, em geral, ela é um exagero de mulher. Mas, obviamente, há coisas em comum como o gosto vergonhoso por Mc Donald’s, por exemplo.

Sua filha nasceu há pouco tempo; em uma parte do livro o tema aborto é levantado. Como foi isso? Você estava grávida durante o período em que a escrevia?
Não. Eu não estava grávida ainda. Escrevi o livro em 2009. Abordei o tema mais como uma tentativa de mostrar como, muitas vezes, algumas mulheres vão a extremos só por acharem que amam alguém, quando na verdade, precisam se amar primeiro.
Fernanda, super feliz ao encontrar seu livro na Leitura!
 Imaginem a sensação?

O que mudou desde quando você soube que ia ser publicada? Alguma coisa marcou fortemente esta nova fase de sua vida?
Hum... Na minha vida prática não mudou nada. A mudança aconteceu dentro de mim. Eu realizei um sonho pessoal e isso foi muito bom.

Você tem um objetivo a ser alcançado como autora? Viver de suas publicações, ser a n° 1 dos mais vendidos do New York Times...

Viver de livros é o grande sonho de todo escritor. Comigo não é diferente. Adoraria que isso acontecesse. Mas ser reconhecida como autora já é ótimo. Quanto ao New York Times... hehe... Quem dera.

No livro temos muitas referências ao cenário musical, principalmente ao que eu chamo de clássicos internacionais: Bangles, Beatles, A-ha... Quais são seus cantores/músicas preferidas? Elas te ajudaram durante a composição do texto?
Eu adoro baladas dos anos 80. Minhas bandas favoritas são U2, Cranberries e Coldplay. Durante a composição do texto algumas músicas ficavam em minha mente, como Eternal Flame (do Bangles, que aparece no livro). Mas eu não tinha um ritual de ouvi-las enquanto escrevia não.

Em determinada parte do livro, vemos a reação da protagonista ao ver suas fotos aos 15 anos de idade - completo terror! Falando nesta fase da vida, como foi sua adolescência? Você era uma leitora assídua, já tinha os rascunhos de suas histórias, ou só descobriu os livros mais tarde?
Aos quinze anos eu não lia muito. Ficava nos paradidáticos da escola, mas só. Acho que o adolescente de hoje é bem diferente com relação a isso. Eu costumo dizer que nossa geração (80) ficou meio perdida falando cuturalmente. Hoje poucos dos conhecidos da minha idade gostam de ler. Em geral, os que leem ou são mais velhos ou bem mais jovens.
Eu não tinha rascunhos das minhas histórias ainda. Mas adorava redação. Sempre dava um jeitinho de usar a fantasia na narrativa.

De onde vem sua experiência com o tema moda, abordado no livro?
Na verdade, não tenho experiência alguma que não as minhas próprias comprinhas. Rsrsr. Gosto de assistir programas relacionados ao tema, ler revistas. Mas só.

Laura Lucy tem mais coisas a nos confessar?
Tem. Em breve ela fará isso na continuação.

Agradeço pela oportunidade de poder conhecer mais você e Laura Lucy! Te desejo muito sucesso, e que Laura passe a ser conhecida cada vez mais! Aqui eu deixo livre para você mandar seu recado e fazer as demais considerações finais!
Obrigada, Miriam, pela oportunidade. Espero que as pessoas leiam e conheçam o mundo de Laura Lucy. Beijos

5 comentários:

  1. Adorei a entrevista!!! Ela parece ser tão fofa!!! Miriam eu tenho um blog...também fiz uma entrevista... entra lá para ver..é singelo mas feito com o coração... ficaria imensamente feliz se aparecesse no Garota das Letras..
    http://garotadasletras.blogspot.com/

    Estou te seguindo!!! Sò para falar...amei o banner rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Ei Mirian!
    Parabéns pela entrevista!!! É mto legal conhecer o autor por trás da obra.
    A Fernanda parece ser super simpática.
    Bjins

    ResponderExcluir
  3. Geovanna, pode deixar que eu passarei!

    Pois é Lu, ela é super atenciosa. Nunca deixa a gente sem resposta no Twitter!

    Voltem sempre meninas! =*

    ResponderExcluir
  4. Oiii
    Muito legal seu blog...
    Depois se você quiser dar uma olhadinha no meu... e se puder segui-lo também eu agradeço.. Já estou seguindo o seu... ;)
    Beijoss

    http://lyluciana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Adooorei a entrevista!!! *-*

    Mto sucesso pra Fernanda ;)


    Beijocas
    Rapha ~Doce Encanto

    ResponderExcluir

Agradeço o comentário!
Volte sempre! (:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Booker Queen! © 2012 | Layout por Chica Blogger| Modificado e hospedado por Miriam Pires| Ícones de redes sociais por Mariana Frioli.